Anúncios que vão se revelando conforme os usuários rolam a tela do smartphone são os que mais prendem a atenção dos consumidores, segundo pesquisa realizada pelo Yahoo com as empresas Omnicom Media Group (OMG) e Amplified Intelligence.

O estudo “Attention in Context” classificou a atenção dos internautas de quatro países (EUA, Canadá, EUA, Austrália) em ambientes online acessados via dispositivos móveis, explorando a relação deles com anúncios altamente imersivos e que exigem rolagem mais lenta da tela.

E se engana quem pensa que os usuários estão dispersos na era multitelas: publicidades em vídeo e no formato interscroller — que revelam o conteúdo à medida que o consumidor rola a página — foram apontadas como os favoritos para reter a audiência.

Pesquisa usa atenção como métrica para avaliar consumidores

Com a presença cada vez mais expressiva do online em nossas vidas offline, anunciantes estão usando a atenção como uma métrica para entender melhor a qualidade da publicidade e otimizar o desempenho de campanhas na internet.

Com esse objetivo, a pesquisa do Yahoo investigou a interação de 4.400 entrevistados com 128 mil anúncios digitais.

Usando um aplicativo da Amplified Intelligence, os pesquisadores coletaram dados usando imagens faciais das câmeras de telefone e metadados sobre visibilidade, padrões de rolagem, som e orientação do aparelho.

Todas as respostas foram categorizados em três níveis de atenção: ativo (olhos no anúncio, com maior probabilidade de causar um impacto positivo), passivo (olhos na tela, não no anúncio) e nenhum (olhos fora da tela ou anúncio).

Dessa forma, os pesquisadores descobriram que o vídeo é fundamental para prender a atenção dos consumidores. Publicidades desse formato tiveram o melhor desempenho, com a atenção ativa média de 2,73 segundos. As exibições mais relevantes foram interscroller, vídeo nativo e pre-roll nativo (exibidos antes do conteúdo).

O formato também requer cuidado com a duração. Segundo o estudo, a atenção ativa dos usuários diminui à medida que a duração do vídeo aumenta, com vídeos de 30 segundos fornecendo apenas 1,2 segundo de atenção ativa, enquanto spots de 15 segundos renderam 3,3 segundos — ou seja, menos é mais.

pesquisa consumidores dados anunciantes publicidade
Propagandas imersivas, em vídeo e que são mostradas aos poucos têm maior desempenho, segundo estudo

Anúncios interscroller sem vídeo também são os mais eficazes para conquistar a audiência, de acordo com a análise. Este é o caso independentemente do produto ou serviço anunciado, com o interscroller fornecendo 3,3 segundos de atenção ativa – 30% maior do que a média mínima de 2,5 segundos para atenção ativa.

O vídeo interscroller – mostrando o poder dos anúncios interscroller em geral – e o vídeo nativo foram os únicos outros formatos com desempenho superior ao mínimo de atenção ativa.

Atenção não tem ‘hora de ouro’ e aumenta com a idade

No recorte por idade, a pesquisa mostra que a atenção dos consumidores aumenta com o passar dos anos, mas o tamanho e o formato do anúncio ainda são importantes. A geração Z tem níveis mais baixos de atenção ativa e passiva do que os boomers.

As preferências de formato também variam de acordo com a idade, com os boomers respondendo melhor aos anúncios interscroller e a geração X preferindo o vídeo.

Enquanto isso, o único formato de anúncio com desempenho superior entre a geração Z é o interscroller, embora o vídeo chegue perto de atingir o mínimo de atenção ativa.

Se a idade é relevante para atrair os usuários, o gênero não é um diferencial, conforme mostra os níveis consistentes de atenção ativa e passiva entre os entrevistados que se identificam como homens ou mulheres.

Atenção ativa (média de 1,6 segundos) e atenção passiva (média de 9,1) foi idêntica para ambos os grupos.

pesquisa consumidores dados anunciantes publicidade
Atenção não muda entre gêneros, mas sim com a idade

O conteúdo que aparece ao redor da publicidade também desempenha um papel importante para conquistar uma atenção maior da audiência.

Assuntos relacionados a esportes e finanças forneceram o maior nível de atenção para anúncios interscroller, segundo a pesquisa.

Aquela famosa regra da “hora de ouro” para a publicação nas redes sociais não se aplica aos anúncios. O estudo revela que  a atenção do consumidor pode ser obtida a qualquer momento.

Os pesquisadores descobriram não há “hora de ouro” ou dia para atenção ativa, pois os níveis de atenção dos usuários se mostraram consistentes em todas as horas e dias da semana.

“Isso mostra o quão sutil é a atenção do consumidor”, disse Elizabeth Herbst-Brady, chefe de receita global e soluções para clientes do Yahoo.

“O ponto ideal é combinar os formatos certos no ambiente certo e contexto relevante para cada público. Com esta pesquisa, estamos entendendo mais sobre os consumidores à medida que o comportamento evolui e somos capazes de oferecer experiências mais envolventes”, concluiu.

Veja todos os infográficos da pesquisa neste link.

Direitos autorais reservados. Reprodução do conteúdo integral não autorizada. Reprodução do primeiro parágrafo autorizada desde que com link para a matéria original.